Queijos Tipos Origem e Características

>
Relação de queijos com os tipos de queijo, origem e características
Queijos Franceses:
Queijo Camembert

O Camembert é um queijo francês macio e cremoso. Seu nome vem da vila de Camembert. Quando fresco, o Camembert tende ser esfarelento e é relativamente duro, porém caracteristicamente amadurece e fica com sabor forte quando envelhece.
Queijo Saint Paulin

O queijo Saint Paulin é de origem francesa, primeiramente produzido por monges trapistas.
É um queijo de massa amarela, muito macia, untuosa e fechada, de sabor suave e sem acidez. Sua casca fina, amarelada, se forma com tratamento com água, salmoura e pequena dose de urucum. Pode ter acabamento de resina plástica ou parafina.
Destina-se a consumo puro, em sanduíches ou aperitivos.
Queijo Brie

O Brie é um queijo macio feito de leite de vaca. Seu nome vêm da província da França chamada Brie, da qual é originário. O Brie tem cor pálida, é bem macio e com sabor forte.


Queijo Roquefort

O Roquefort é um queijo do sul da França de sabor forte feito de leite de ovelha. O Roquefort é branco, esfarelento e levemente úmido, com veios característico de matriz azul. Esse queijo tem odor forte e sabor característico notável do ácido butírico. Roquefort não tem casca, e seu exterior é comestível e levemente salgado.

Queijos Ingleses:
Queijo Cheddar

O Cheddar é um queijo amarelo pálido, com sabor pronunciado, originário da vila inglesa de mesmo nome.





Queijo Cottage

O queijo Cottage é uma coalhada de queijo com sabor suave. Ele é drenado, mas não prensado, então fica algum soro de leite. Cottage não envelhecido.
Queijos Holandeses:

Queijo Edam

O Edam é um queijo holandês que é tradicionalmente vendido como esferas com interior amarelo claro e camada vermelha ou amarela.




Queijo Gouda

O queijo Gouda é feito de leite de vaca que é cultivado e esquentado até que a coalhada separe-se do soro.





Queijo Reino

Supõe-se que que o queijo Reino tenha se originado no queijo Edam holandês, que era importado do reino de Portugal para o Brasil.
É um queijo firme, bem mais seco e de sabor acentuado.
Deve ser curado por no mínimo 2 meses. Durante a maturação o queijo deve ser virado constantemente e a casca deve ser tratada com salmoura durante 2 a 3 semanas.
Em geral é produzido em formas cilíndricas ao redor de 1,5kg e embalado na tradicional lata metálica, da mesma forma em que atravessavam o oceano em navios.
Destinam-se a consumo puro, em sanduíches ou em receitas culinárias, especialmente no Nordeste e no Rio de Janeiro, onde seu consumo cresce nas festas de São João e no Natal.
Queijos Suíços:
Queijo Emmental

O Emmental é um queijo amarelo, duro e com grandes buracos característicos. Ele tem um sabor picante mas não muito forte. Geralmente é conhecido apenas como queijo suíço.


Queijo Gruyère

O queijo Gruyère é amarelo e feito de leite de vaca. O nome vem da cidade de Gruyères na Suíça. Ele é duro, levemente salgado e picante. Quando totalmente maturado (três a doze meses) tende a ter pequenos buracos.

Queijos Italianos:
Queijo Gorgonzola

O Gorgonzola é um queijo da Itália com riscos azuis, feito de leite de vaca. Ele pode ser firme ou amanteigado, esfarelento e bem salgado.





Queijo Mussarela

A Mussarela é um queijo fresco italiano feito de leite de búfala ou de vaca.




Queijo Parmesão

O parmesão é feito de leite de vaca coletado imediatamente após a ordenha e parcialmente desnatado pela gravidade.



Queijo Provolone

O provolone é um queijo de leite integral de vaca com uma pele macia. Ele é produzido principalmente nas regiões da Itália da Lombardia e Veneto.




Queijo Ricota

O Ricota é um queijo italiano feito do soro resultante da fabricação de queijos como mussarela e provolone. O Ricota tem textura similar ao queijo cottage, porém consideravelmente mais leve.





Queijos Brasileiros:
Os queijos do Brasil incluem: Queijo de Minas, Prato, Catupiri e Requeijão
Queijo Alemão:
Tilsit

O queijo Tilsit é de origem alemã, da cidade prussiana de Tilsit e tem algumas similaridades com os queijos holandeses semi duros e de massa lavada, introduzidos por imigrantes, no século XIX.
Sua textura é aberta, sua massa amarela, com pequenas olhaduras, seu sabor é suave, puxado ao sabor das sementes de “kummel” (erva doce) que são adicionadas a sua massa.
Em geral é produzido em formas cilíndricas de 1,5 a 2 kilos.
Destina-se a consumo puro, especialmente como aperitivo.

Um comentário:

Líder Receitas disse...

Se existe alguém que gosta mais de queijo do que eu, eu desconheço!
Amei este post...
Me deu uma vontade de comer queijo... hehe
Tati, amei o seu blog... Tá muito bem recheado... Só tem delícias!
Parabéns!
Ah, tô te seguindo, viu?! Aqui e no capim cidreira...

Bjus e inté+
Talita Cris

Minha Familia


Related Posts with Thumbnails

PASSO a PASSO Como fazer calda de caramelo

calda01Em uma panela grande, coloque 1 xícara (chá) de açúcar. Leve ao fogo baixo, deixando derreter suavemente.
calda02Quando estiver bem dourado, junte meia xícara (chá) de água fervente e mexa com uma colher de pau. Deixe ferver até dissolver os torrões de açúcar.
calda03Forre com esta calda uma fôrma com furo central (19 cm de diâmetro).
calda04Despeje a mistura preparada (pudim, por exemplo) até no máximo 3 dedos abaixo da borda da fôrma caramelizada.
calda05Desenforme num prato de servir de bordas ligeiramente altas para que a calda não escorra. Se as bordas permanecerem grudadas, afaste-as delicadamente com as mãos ou com a ponta de uma faca, para o ar penetrar e o pudim desprender.
DICAS e TRUQUES Cozinha NESTLÉ

Passa a Passo - Massa de Biscoito - Como fazer


Massa de preparo rápido, é feita com 1 pacote de biscoito tipo maizena (200g), no lugar da farinha. Torta de limão com essa massa, fica uma delícia.
Comece triturando aos poucos os biscoitos num liquidificador, usando o modo pulsar, para que se forme uma farofa.
Image1Image2
Derreta numa panela, 1/2 pacote de manteiga (100g).
Depois que derreter, coloque a farofa de biscoitos e vá mexendo com uma colher de pau, até a manteiga incorporar e umedecer a farofa.
Image3
Misture bem até que a massa fique homogênea
Image4
Despeje a farofa numa forma que possa ir ao forno e com a mão espalhe a massa, pressionando um pouco, de maneira a forrar toda a forma. Com uma colher nivele a massa.
Image5
Leve ao forno em temperatura alta para assar por 15 minutos, ou até ficar dourado.
Pronto!
Com ela você poderá fazer uma torta de chocolate, limão, laranja, morango ou a fruta de sua preferência.
Obs: Todas as fotos dessa receita foram tiradas do blog :
Rainha do lar